Seguidores

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Plante as flores da persistência! Janete Sales - Dany

Dona Rosinha possuía o jardim mais lindo 
de uma cidadezinha do interior!
Plantava rosa, orquídea, cravo, Adália, qualquer flor!
O jardim dela era perfumado 
e exalava um aroma sem igual!
Aquele colorido todo levantava qualquer astral!


E dona Rosinha mostrava para os filhos 
as flores que havia plantado
Porém o jardim da senhorinha por eles era ignorado!
Passavam perto e nem olhavam 
e às vezes nas flores eles até pisavam!
Assim mesmo ela plantava a esperança; 
pelo menos recebia os aplausos da vizinhança!

Certo dia Dona Rosinha não acordou 
e as flores ficaram esquecidas
Os filhos choraram em volta da mãezinha querida
Ela morreu dormindo e parecia estar sorrindo
Será que ela sonhou com um jardim florindo?

Os filhos prepararam o enterro 
e procuraram por flores na cidade inteira
E não encontraram nem mesmo uma roseira!
Dona Rosinha foi enterrada sem nenhuma flor
Justo ela que havia plantado as sementes 
mais puras do amor!


O jardim de dona Rosinha foi esquecido
E lutava para não morrer 
mesmo sem água e enfraquecido
E todas as manhãs 
as flores pareciam estar regadas de pranto
E nasciam novas mudinhas; o que causava espanto!


E sobre as flores de Dona Rosinha 
os filhos colocaram cimento
Uma garagem enorme foi construída 
e o jardim ficou cinzento!
Porém em qualquer rachadura nascia uma flor!
E a vizinhança dizia: 
-Vejam, foi a Dona Rosinha quem plantou!

Numa manhã de primavera o quintal inteiro 
estava coberto de flores
Elas eram lindas e de todas as cores!
E os filhos de Dona Rosinha desistiram da garagem
Pois era impossível não ver a mãezinha
no meio das folhagens!

Se você planta o bem e ninguém quer ver 
o plantio da sua semente,
não deixe o desanimo tomar conta da sua mente!
O que se planta nesta vida 
fica para toda a eternidade
Portanto nunca desista de semear 
a compreensão, o amor e a bondade!

Janete Sales - Dany 


 
Licença Creative Commons
O trabalho Plante as flores da persistência! de Janete Sales Dany foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.


Imagens:

9)Link

 

2 comentários:

  1. Dany, boa noite querida!
    Cheguei em pleno setembro ,à vésperas da primavera para ver uma obra de arte belíssima! Um poema lindo, triste no início mas se desenvolveu tão naturalmente que logo transformou-se em uma lição de vida para todos nós seguirmos!
    Parabéns amiga!! Você já é especialista em vídeos que encantam!!! :)
    Faz gosto vir aqui e ver algo tão bonito, tão lindo, tão singelo!!!
    Obrigada!!
    Um lindo final de semana para você!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana!

      Amiga obrigada pela presença sempre marcante!

      Sim a primavera sempre é inspiração para as coisas belas da vida, principalmente o respeito ao próximo algo que eu valorizo muito! Esta poesia fala disto...ás vezes as nossas atitudes parecem passar em branco, porém isto é ilusório, nós sempre vamos colher aquilo que nós plantamos!

      Querida obrigado pela visita e pelo comentário um ótimo fim de semana!

      Beijo

      Excluir