Seguidores

sábado, 30 de junho de 2012

Um beijo


A dor da perda, 
fez daquele homem a mais lastimável imagem!
Depois de sepultar o tão apreciado amor
Meses se passaram...
Anos se passaram...
Ele se abandonou completamente, 
já não fazia mais a barba
Olhava o horizonte como se estivesse 
esperando alguém chegar
Uma espera do impossível, 
quem se foi não volta mais!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

terça-feira, 26 de junho de 2012

Coração na mão


Eu vou dormir na solidão
Sonhar com uma paixão
E acordar com o coração na mão!

Sair de si mesmo...


Um poeta escreveu uma triste poesia sorrindo...

E depois logo em seguida chorou 
e escreveu um poema de felicidade

Solidão



Apaguem o holofote, desliguem todas as luzes!

As vezes eu prefiro os lugares vazios e sombrios

Uma música...uma poesia...Iris



 Iris 
goo goo dolls- Tradução

E eu desistiria da eternidade para te tocar
Pois eu sei que você me sente de alguma maneira
Você é o mais próximo do paraíso que jamais estarei
E eu não quero ir para casa agora
E tudo que posso sentir é este momento
E tudo que posso respirar é a sua vida
E mais cedo ou mais tarde se acaba
Eu só não quero ficar sem você essa noite

Vários passos


Eu quis abraçar o mundo com as próprias mãos

Me esqueci que nem tudo na vida,

 cabe em um só abraço

Morrer em vida


Morrer em vida...

É não poder voltar para o lugar 

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Um pedido


As ondas molham os meus pés descalços
Elas vem e vão...

Atreva-se


 Atreva-se
Na derrota erga-se rápido, nunca fique estagnado,
parado e olhando os outros passar!

Atreva-se
A voltar atrás, 
isto é digno de quem sabe realmente caminhar

Atreva-se
A dizer Eu Te Amo, 
hoje em dia isto é tão difícil de escutar


domingo, 24 de junho de 2012

O alivio desejado

Eu não consigo me esquecer daquele dia
Ah, porque se eu pudesse esqueceria...
As horas em que passamos juntos
até hoje sobrevive em minha mente
Gostaria de sentir neste mesmo instante
tudo aquilo novamente

O palhaço chorou!


Um dia triste que vem rasgando o coração
Sorriso desperdiçado num rosto que sumiu na imensidão
Olhar opaco e distante, de quem perdeu o chão

sábado, 23 de junho de 2012

Anjo sem asas na estrada

Sou anjo caído na estrada
Ajoelhado, com as asas quebradas
Nos olhos a amargura da solidão
Uma flecha pontiaguda atravessou o meu coração!

Meus dias estão incertos
Eu danifiquei a máscara
 Meu rosto está descoberto
Como voltar para casa?


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Você pode escolher


Felicidade é desenhar o sol no céu, 
num dia de chuva
Fé é quando estamos sofrendo 
e aparece do nada uma força absurda
Tristeza é uma dor que faz o nosso espírito chorar
Descrença é desistir mesmo antes de tentar

quinta-feira, 21 de junho de 2012

terça-feira, 19 de junho de 2012

Você se foi!


Você se foi!
O meu coração ficou dilacerado e sangrando!
Os meus passos não estão mais 
sobre o meu comando
A lua inspiradora dos namorados 
perdeu todo o seu prateado
E as estrelas não cintilam mais no céu 
e eu jogo as minhas palavras ao léu


O que uma palavra faz!

Ele se considerava talentoso 
e olhava de cabeça erguida o horizonte!
Porém lhe chamaram de esquisito, 
ele curvou as costas e ficou meio corcunda

Um poema encantado...


O poeta enlouqueceu 

sufocado com as palavras que não conseguia usar

Elas brincavam dentro dele, 

querendo sair e desejando se expressar

Contudo eram desconexas, brigavam entre si e não rimavam

Ele não conseguia jogá-las para fora 

porque não diziam nada e não se combinavam

 

Roupa velha de sempre



Eu estava no meio da rua descalça e sem roupa
Eu estaria ficando louca?
Mas todos estavam assim...
Seria uma nova moda desta estação!?

Uma fenda para o passado...

Às vezes nós fechamos uma enorme porta ou nos fecham
e sendo assim não podemos mais entrar
Novas portas se abrem,
mas sempre olhamos para trás com um certo pesar
E então nós tentamos deixar uma pequena fenda,
porque ali é que queríamos ficar!


segunda-feira, 18 de junho de 2012

Pedra

Aquele que jamais volta atrás, 

mesmo estando em dúvida,

é semelhante a uma pedra que nunca muda.

Resistente ao sol, resistente a chuva! 

domingo, 17 de junho de 2012

Chuva, saudade, morte e vida...

A minha casa mesmo sendo feita
com os alicerces tão fortes e vindo do meu amor
Não aguentou a chuva que veio com fúria 
e sem compaixão a arrastou
Tudo o que eu tinha conseguido em anos,
num instante a chuva levou
Eu fiquei ali inerte olhando o local 
onde ela estava antes
e que agora só a saudade ficou 

sábado, 16 de junho de 2012

Nos olhos o medo!


Será que eu vou retornar?
Do que vejo, do que parece me levar?
Caminho desnorteada por uma estrada 
em busca de socorro
Estão me seguindo e eu entro em becos, 
eu subo em morros!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Triste olhar!


É impossível segurar as lágrimas

que nascem do fundo de minha alma



Elas vão se aflorando igual às águas

que brotam de uma fonte

e sem piedade molham o meu rosto



Nesta hora é minha alma gritando

porque na dor está se afogando!



Denunciam o meu pesar, a falta de um amor;

uma vida de solidão



Sentimentos contidos que vão surgindo,


que descem na minha face e salgam os meus lábios

segunda-feira, 11 de junho de 2012

A flor nasceu!


O universo está encantado
Nesta manhã tudo está transformado
Eu nem consigo acreditar
Há um brilho novo em meu olhar
Hoje eu olho o espelho de cara lavada
Abriu-se um novo caminho, uma nova estrada

Lá adiante está você!

Correndo, subindo e descendo
Estou vendo o seu astral crescendo
Brilho de sol no seu olhar
A vontade de amar
Sim, a vida é uma festa
Não deixe a felicidade passar
A oportunidade é esta!
É só você a abraçar
Não vê? Lá adiante está você!

domingo, 10 de junho de 2012

Sem opinião


Link da imagem:
http://www.flickr.com/photos/steveberardi/4320736978/

Estado de espírito

Onde mora a felicidade, que anda solta e ninguém é dono!? 
Ela não se aprisiona tem a liberdade de ir ao encontro 
"de quem a merecer"! 

Se dê uma chance...

 Imagem:
http://www.flickr.com/photos/37873897@N06/

The Corrs - Everybody Hurts - Tradução.

Um sorriso ao se abrir

Faça do seu dia...

A mais linda canção

Por favor não vire as costas para a dor alheia!

Existem tantas dores
A dor da perda dos nossos amores

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Pensamento de um passarinho

 
Canto tico tico - São Manuel - São Paulo

Deram-me a liberdade, abriram à gaiola!
Eu nem pude acreditar!
Olhei desconfiado e pensei...
-Eu não sei voar!

O que os loucos acham!


"A arte imita a vida..."
Porém...
Os loucos acham que o poeta faz tudo o que escreve

sábado, 2 de junho de 2012

Frágil...by Dany

Eu nasci dos seus estímulos
E morri com a sua ausência

E ficou provado o quanto frágil eu sou
Sou arvore que com água e adubo fica frondosa

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Geração Y... By Marcelo Sales Yoshinaga

Andando pela rua
ouço a verdade nua e crua
celular e radinho mp3
tocando a bola da vez
mas não é música não, é só palavrão.