Seguidores

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Rezem... e acendam as velas!


Por que tanta morte meu Deus?
A maldade prevaleceu; o sol se escondeu e o céu escureceu!
Não é fácil reviver, mas não dá para esquecer o que aconteceu...
Martírio para os judeus, os eslavos e os que tinham deficiências mentais...
Desespero para os negros, ciganos e homossexuais... E de outros mais!
O olho do mal se sentia superior; abatia toda raça que elegia como inferior.

Muitos querem esquecer para sempre o terror do nazismo...
Não podemos olvidar a época em que a paz se perdeu no abismo
É preciso relembrar o ruído da tortura para que não volte a acontecer
Não existe no mundo um ser superior; o preconceito tem que morrer!





Morreram criancinhas que mal sabiam o que era a existência delas...
O ocorrido envergonha a humanidade; rezem, e acendam as velas!

Janete Sales Dany
Poesia registrada na Biblioteca Nacional


Licença Creative Commons
O trabalho Rezem... e acendam as velas! de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.




 Utilizei uma imagem do Holocausto que está em domínio público:
 http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Child_survivors_of_Auschwitz.jpeg

Nenhum comentário:

Postar um comentário