Seguidores

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Já não lhe olho mais...By Dany

Eu não lhe procuro mais, eu admito é verdade
Você destruiu em mim toda a vontade
Já não lhe olho mais como outrora
Eu tinha tanta necessidade de lhe ver
Sentia saudades a toda hora
Em versos uma vez o meu amor por você,
 eu tentei descrever
 E ao  lhe mostrar os meus singelos rabiscos,
você foi tão insensível, me deu as costas e não quis ler
Matou o meu desejo e não deixou florescer
Você não destruiu só o meu amor...
 o meu céu também escureceu e perdeu a cor
  
Muitas das vezes que os meus olhos desejavam os seus,
 você de mim se desviava
Agora você vive a procurar o meu olhar,
até parece que se esqueceu que não me amava!
Eu não sei para onde foi aquele amor absurdo 
que eu sentia, porque hoje eu me sinto tão vazia
Eu tinha uma paixão ardente 
e para você inteira eu me abria
Um amor tão carente, 
que lhe desejava noite e de dia
Um amor tão quente que se esfriou, 
pois estupidamente você jogou nele
um balde de água fria!


 E agora os meus passos estão tão incertos
a saudade já não habita o meu coração
A minha vida ficou sem um por que!
Diga-me então, para aonde foi a minha emoção?
O que houve com aquele amor
que  tanto clamava dentro mim  ?
Morreu a míngua suplicando por um pouco atenção!
 Eu sinto muito, mas a nossa estrada chegou ao fim!

Janete Sales -  Dany






Licença Creative Commons
O trabalho Já não lhe olho mais...By Dany de Janete Sales Dany foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário