Seguidores

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

O poeta vive a poesia...by Dany


O poeta vive a poesia
Nunca vive a própria vida
Fala da noite quando já é dia
Tem que sentir as lágrimas da partida
E muitas vezes sorrir em versos,
mesmo tendo uma vida vazia


O poeta não tem estação,
no inverno tem que sentir o calor do verão
No outono  em meio as folhas secas;
tem que ter as flores da primavera no coração
Nos dias de sol tem que sentir
as nuvens negras da solidão
Nos dias de chuva tem que ser o dia ensolarado,
a esquentar uma paixão

O poeta não tem onde ficar
Pode morar numa cabana ou a beira do mar
As vezes se encontra nas montanhas, 
só basta o pensamento o levar
O sol escaldante do deserto;  as vezes tem que enfrentar
Nunca tem moradia certa ; 
mora perto, mora longe, em qualquer lugar

Quando está muito feliz 
tem que expressar a alegria em dobro
Nos seus versos para alguns traz felicidade, 
um pouco de conforto
Quando entristecido, as suas lágrimas 
molham o papel onde está a escrever
As vezes borram as letras e o poeta fica a se lamentar,
pois os seus lindos versos, já não consegue mais ler!

Ser poeta é viajar todos os dias
O  seu  pensamento sempre está a procura de uma frase,
que preencha as suas poesias
Só é poeta quem pode amar com facilidade, 
reconhecer o ódio e a falsidade

Os sentimentos se misturam na vida de um poeta sonhador,
Em  letras  que falam do mal e do amor
E  estando com o coração transbordando de alegria,
tem que saber  expressar a   dor
Mesmo que chore as lágrimas da solidão,   
no seu canto sozinho, o poeta escreve os seus versos
 imaginando estar em meio a multidão
Chora por dentro  mas por fora tem que ser outro; 
esquece o que rege o seu próprio coração!

Porém quando o poeta escreve realmente,
o que sente naquele momento
Tudo ganha mais força, 
porque é escrito com mais sentimento
Ao falar de si mesmo,  
as palavras fluem com mais intensidade
Então o poeta chora a tristeza; ri a alegria,
a grande diferença  é que nesta hora...

é de verdade

Janete Sales - Dany

Cazuza O Poeta está vivo



Licença Creative Commons
O trabalho O poeta vive a poesia...by Dany de Janete Sales Dany foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

2 comentários:

  1. Pois sim quem nasce com alma de poeta, nasce, com uma sina, um legado, uma missão...

    Predestinado a uma dor não traduzida e uma vida talvez demasiadamente vivida ou parada dentro do não percebido.

    Há quem detem no peito um coração onde bate poesia, sabe no fundo de si...

    Que a solidão é a eterna e inseparável companheira.

    E só mesmo uma alma poeta para descrever a outra, assim como tão sentidamente o fizestes aqui, querida Dany.

    Sabes doce poetisa, no dia que a memória do mundo esquecer o poeta

    sua poesia até pelas pedras serão lembradas.

    Um emocionado abraço meu em ti, que sempre comove-me com tua pureza e beleza.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite

    Sofia,minha querida amiga!

    Bem vinda ao blog Dany!

    Só você mesmo para traduzir o que é ser poeta,

    viver a escrever poesia, porque você tem este dom!

    Você é poesia...

    Tudo o que você fala tem o som da poesia!

    Quando eu penso em você amiga querida,

    o que vem em minha mente?

    Poesia!



    Poetiza Sofia...

    Você é muito especial!

    Quero lhe agradecer pelo seu comentário

    e principalmente por ter sido neste post,

    que fala dos poetas; o enriqueceu e muito,

    com a sua bela presença!



    Querida Amiga

    um abraço bem apertado!

    Daquela que estima muito a nossa amizade

    Dany

    ResponderExcluir