Seguidores

sábado, 30 de junho de 2012

Um beijo


A dor da perda, 
fez daquele homem a mais lastimável imagem!
Depois de sepultar o tão apreciado amor
Meses se passaram...
Anos se passaram...
Ele se abandonou completamente, 
já não fazia mais a barba
Olhava o horizonte como se estivesse 
esperando alguém chegar
Uma espera do impossível, 
quem se foi não volta mais!

Certa noite a saudade veio maltratar o coração, 
já tão maltratado
E para amenizar a dor, 
ele decidiu esperá-la como em épocas passadas

Ele arrumou a mesa com muito primor e
colocou as mais formosas flores no centro
E ficou a espera dela...
Longa espera...
E o pó do tempo cobriu suas esperanças
 
As flores murcharam
Estavam secas e foram molhadas 
pelo rio de lágrimas que ele chorou
E aos poucos as flores começaram a se abrir novamente, 
a ganhar de volta todo o viço
Flores que pareciam ter sido colhidas
 naquele exato momento!

Então um vento frio beijou o rosto daquele homem melancólico
E finalmente ele sorriu e agradeceu aos céus!
Naquele exato momento ele havia acabado de receber,
o beijo da sua amada, que se foi para sempre!

Janete Sales (Dany)






Licença Creative Commons
O trabalho Um beijo de Janete Sales Dany foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

4 comentários:

  1. Janete, que lindo a tristeza da morte da amada foi recompensada pelo sopro do vento em seu roto, trouxe-lhe as lembranças mais cálidas e desesperadoras, mas ela sempre estará junto a ele o amando mesmo que longe de seus olhos, mas estará ao dentro de seu coração e alma, adorei, muito bonito, uma ótima noite Dany, se cuide um beijo enorme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Cla!

      Que lindo o seu comentário!

      Uma história triste de um casal,
      que se separou pela morte,
      mas um dia ela que se foi para sempre,
      beijou o rosto do seu amor que ficou,
      e assim ele sorriu, como a tempos não
      sorria!

      Agradeço a sua visita e a este comentário,
      que acrescentou muito a minha poesia!

      Beijos

      Excluir
  2. Anjo Dany, "O essencial é invisível aos olhos …”

    E finalmente ele sorriu e agradeceu aos céus!
    Naquele exato momento ele havia acabado de receber,
    o beijo da sua amada, que se foi para sempre!
    Janete Sales (Dany)

    Seu poema, um beijo, alma e coração do outro lado da vida!

    Amor, saúde, paz e bem!

    Bjs na alma e core!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Help!

      Obrigada eu fico feliz que os meus escritos lhe agradaram!
      Um poema que fala de um amor que se foi para sempre!
      Triste, mais isto acontece e muito...

      Querida abrigada pelo comentário!
      Ótima semana para você!

      Beijos

      Excluir