Seguidores

terça-feira, 14 de junho de 2016

COMA... Uma Nova Chance



O chão segura o meu corpo
O meu olhar está fechado
Não vê mais o azul do elevado
E as sementes que eu não plantei...
Morrerão num envelope lacrado?
Penso nas escadas que eu nunca subi
Várias portas que eu não abri
Penso nos beijos que eu não dei
Nas canções que eu não cantei
Nas ruas que eu nunca andei
Nos dias que transformei em noite
Que me guardei e não enfrentei...
A vida que eu deixei de viver
Os sorrisos que eu não quis conhecer
Os livros que eu deixei de ler
Os momentos jogados fora
Não há o que fazer neste agora
O depois eu não sei
Alguém vai me salvar?
Vai abrir de novo o meu olhar



Para acordar cedo e ver o sol
E de tarde apreciar as cores do arrebol
Subir aquela montanha infalível
Enfrentar aquele medo terrível...
Será que abraçarei de novo a claridade?
Uma nova chance para me conhecer de verdade

Janete Sales Dany

Poema@todos os direitos reservados

14/06/2016
T5667621

Licença Creative Commons
O trabalho Coma... Uma nova chance de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.





co·ma |ô| 
(grego kôma-atossono profundo)

substantivo masculino
1. [Medicina Estado patológico em que  perda de consciênciaausência ou redução das .reações a estímulos e eventual alteração de funções vitais


Nenhum comentário:

Postar um comentário