Seguidores

terça-feira, 21 de junho de 2016

Soneto Dono da Terra



Ofereço a Deus toda minha vida
Tenho certeza da minha vitória 
Ele me mostra o rumo da subida 
Dono da terra e está na minha história 


Ele tem um lugar para acolhida 
Uma estrada chamando para a glória 
E na dor vai curar nossa ferida... 
Graça e fé que habita na memória 

Elevo os braços, vivo agradecendo... 
Pelas flores do campo que estou vendo 
Pela presença esplêndida do sol 

Elevo os braços quando vejo o mar 
E quando chove e escuto o trovejar 
Somos ricos, é tão lindo o arrebol!


Janete Sales Dany
Poema@protegido por lei
Registrado e imortalizado
na Biblioteca Nacional




Nenhum comentário:

Postar um comentário