Seguidores

sábado, 20 de outubro de 2018

Minha essência - Soneto Decassílabo Heroico



Sinto o tempo voando e desenhando
Meu sorriso me estranha e quer chorar
Portas, antes abertas, se fechando!
A saudade que não posso encontrar

Retrato desbotado me fitando
Sinto que diz assim: quero voltar
E vibra o coração, mas até quando?
Reconheço que um dia vai parar

Vejo que o tempo tem profunda sede
Pois descolore  a tinta da parede
E transforma o cenário da existência

Sofrer e renascer a todo instante
O que nunca muda é o amor constante
Para sempre cravado em minha essência

Janete Sales Dany
Registrado e imortalizado 
na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro
No Livro Soneto Esperança e outras
Página:07 Registro: 768498
Exemplo  da escansão deste
Soneto Decassílabo Heroico
Métrica dos versos
4 estrofes, sendo 2 quartetos 

seguidos por 2 tercetos

O item principal é a métrica, 
Versos heroicos
todas as linhas com 10 sílabas poéticas
Acentuação tônica na 6ª e 10ª sílabas
Quanto as rimas:
rimas entrelaçadas ou opostas – abba -
rimas alternadas – abab
rimas emparelhadas – aabb

O trabalho Minha essência de Janete Sales Dany está licenciado com uma Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Sinto o tempo voANdo e desenHANdo
Meu sorriso me esTRANha e quer chorar
Portas, antes aBERtas, se feCHANdo!
A saudade que NÃO posso enconTRAR

Retrato desboTAdo me fiTANdo
Sinto que diz aSSIM: quero volTAR
E vibra o coraÇÃO, mas aQUANdo?
Reconheço que um DIa vai paRAR

Vejo que o tempo TEM profunda SEde
Pois descolore  a TINta da paREde
E transforma o cerio da exisTÊNcia

Sofrer e renasCER a todo insTANte
O que nunca muda É o amor consTANte
Para sempre craVAdo em minha eSSÊNcia

Janete Sales Dany


Nenhum comentário:

Postar um comentário