Seguidores

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Soneto Alexandrino - A Semente - Corrigido



Esquecida na terra e pronta para a morte
Sem rega, sem amor, tão triste o afastamento
Ás vezes tinha sol... E chuva, só com sorte
Desprezavam sem dó, cenário de tormento

E assim, ficou sem luz, padecendo sem norte
Romper o chão, nascer? Nunca, que desalento!
Tempo passou veloz, e nada que conforte
Mas algo reluziu, e surgiu novo alento:

Primavera de amor! De amáveis beija-flores!
A semente explodiu, despertou para a vida
Descobriu que era flor, horizonte de cores

O céu quis proteger...Trouxe a chuva bendita!
Uma benção de Deus! Nunca foi esquecida...
Luz do sol aqueceu...Compaixão infinita!

Janete Sales Dany
Poema@ todos os direitos reservados
Registrado e imortalizado na Biblioteca Nacional
do Rio de Janeiro no livro:
 "Soneto Lobo do Gelo e outras"
Página 07





A métrica utilizada neste Soneto:

Es/que/ci/da /na /TE/rra, e/ pron/ta /pa/ra a/ MOR/te
Sem/ re/ga,/ sem/ a/MOR/, tão/ tris/te o a/fas/ta/MEN/to
Ás /ve/zes/ tin/ha /SOL/... E/ chu/va,/ só/ com/ SOR/te
Des/pre/za/vam/ sem //, ce/ná/rio/ de /tor/MEN/to!

E a/ssim/ fi/cou/ sem/ LUZ/, pa/de/cen/do/sem /NOR/te
Rom/per/ o /chão/, nas/CER?/Nun/ca,/que/de/sa/LEN/to
Tem/po/ pa/ssou/ ve/LOZ, /e/ na/da/que/ con/FOR/te
Mas/ al/go/ re/lu/ZIU,/ e /sur/giu /no/vo a/LEN/to:

Pri/ma/ve/ra/ de a/MOR/, de a/má/veis /bei/ja-FLOres!
A/ se/men/te ex/plo/DIU,/ des/per/tou/ pa/ra a/VI/da
Des/co/briu /que e/ra /FLOR, /ho/ri/zon/te /de/ CO/res

O/ céu/ quis/ pro/te/GER.../Trou/xe a /chu/va/ ben/DI/ta!
U/ma/ ben/ção/ de/DEUS!/Nun/ca/ foi /es/que/CI/da...
Luz /do /sol/ a/que/CEU.../Com/pai/xão/ in/fi/NI/ta!

Por Janete Sales Dany
Sílabas tônicas que são obrigatórias na 6ª e 12ª sílabas
14 versos, 4 estrofes

Algumas vogais se unem e são separadas 
de forma diferente da contagem silábica gramatical
Exemplo:Primavera de amor! De amáveis beija-flores!
Sílaba gramatical:
Pri/ma/ve/ra/ de/ a/mor/! 
De/ a/má/veis/ bei/ja/-flo/res!]

Sílaba Métrica:
Pri/ma/ve/ra/ de a/MOR/, 
de a/má/veis /bei/ja-FLOres!

Neste soneto um exemplo vou dar
separação de sílaba poética "escansão" :

Esquecida na terra, e pronta para a morte
Es/que/ci/da /na /TE/rrA, E/
 pron/ta /pa/ra a/ MOR/te
Dois hemistíquios cada um com 6 sílabas
Neste verso a elisão foi feita com a vogal "A e E"


Esquecida na terra, e pronta para a morte


Terminar todos os versos 
com palavras paroxítonas 

(chamadas de palavras graves 
por Bilac e Passos).



Meus poemas estão no meu canal de YouTube

e este Soneto Alexandrino 
está em vídeo também:


Instruçoes de como fazer um Soneto

Teoria literária sobre sonetos
Encanto dos Sonetos na Vida do Poeta
Sílabas Gramaticais e sílabas métricas

Links fornecidos pela 
Querida Amiga Escritora Sílvia Mota:

O encanto dos sonetos na vida do poeta
http://peapaz.ning.com/group/teorialiteraria/forum/topics/encanto-dos-sonetos-na-vida-do-poeta


Sílabas gramaticais 
e sílabas métricas: diferentes?
http://peapaz.ning.com/group/teorialiteraria/forum/topics/silabas-gramaticais-e-silabas-metricas-diferentes

8 comentários:

  1. Querida Janete, estou feliz, porque percebo que procuras seguir as orientações. Apenas, esqueceste de corrigir, nos fotopoemas, no quarto verso da primeira estrofe, a palavra "cenário", em substituição à palavra "mundo".
    Permita-me deixar aqui, para os interessados na matéria, alguns links para os meus artigos:

    O encanto dos sonetos na vida do poeta
    http://peapaz.ning.com/group/teorialiteraria/forum/topics/encanto-dos-sonetos-na-vida-do-poeta
    https://www.recantodasletras.com.br/teoria-literaria-sobre-soneto/3224320
    http://www.silviamota.com.br/visualizar.php?idt=3224320

    Sílabas gramaticais e sílabas métricas: diferentes?
    http://peapaz.ning.com/group/teorialiteraria/forum/topics/silabas-gramaticais-e-silabas-metricas-diferentes
    http://www.silviamota.com.br/visualizar.php?idt=3224312
    https://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/3224312

    Parabéns, Janete!
    Teu estudo produz belos frutos.
    Beijosssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querida amiga Escritora Sílvia Mota!
      Foram os anjos que lhe trouxeram nesta manhã...
      Ainda estava com o fotopoema aberto,
      no PhotoScape e foi só mudar a palavra MUNDO
      para CENÁRIO.
      Como foi um soneto corrigido,
      acho que me confundi na hora! Rsrsrs
      Ainda bem que no vídeo declamado foi certo!
      Kkkkkk até me assustei e fui ver.
      Gratidão, querida mestra!
      Minha admiração por você,
      Só cresce a cada dia!
      Por trás de avanços em nossa vida existem pessoas
      Iluminadas:
      VOCÊ: Que sempre me encorajou a fazer sonetos
      E me mostrou muitas vezes que estava errado.
      Para que eu pudesse rever e tentar de novo!!!
      Vou tentando, errando e acertando.
      Meu respeito, meu carinho, minha admiração
      Quanto aos links que você gentilmente ofertou
      para os que se interessarem, vou colocá-los
      nesta publicação! Uma honra a sua presença
      a iluminar minha manhã! Volte sempre!
      Beijos no coração

      Excluir
    2. Querida amiga e poeta Janete Sales, para mim, é uma grande felicidade visitar o teu blog, tão bem construído. Lindo, na forma e na essência! Quanto ao nosso aperfeiçoamento, na concretização dos sonetos, é assim mesmo - evoluímos dia a dia, sempre. Basta-nos estudo, dedicação e, principalmente, MUITA inspiração, o que tens de sobra. Mais uma vez, PARABÉNS! Beijossssssssss

      Excluir
    3. Querida amiga escritora Sílvia Mota.
      Gosto muita da gratidão, e é claro que a tua luz iluminou a minha vida. A nossa convivência todos os dias na estrada da poesia fez com que eu passasse a amar e almejar loucamente os sonetos.
      Obrigada por existir, noite de paz!
      Beijos

      Excluir
  2. ´














    É mais do que uma linda obra literária; é uma lição de vida; é o retrato de sua alma; é seu coração se transportando para o papel!...MEUS PARABÉNS!...AMEI DEMAIS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia querido amigo escritor Geraldo Coelho Zacarias ^_^ Muito lindo o que falou... Uma honra a sua presença a iluminar minha tarde! E fico muito feliz que apreciou, gratidão!!! Volte sempre Bjs

      Excluir
  3. Boa tarde! Muito bom amiga poetisa Janete Sales! Que Deus nos abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Boa noite querido amigo escritor poeta Eduardo Samuel, que Ele nos abençoe, agradeço a presença que ilumina minha noite, um fim de semana maravilhoso! Paz e Luz

      Excluir